Por que exatamente hoje Senhor?

segunda-feira, julho 02, 2012

Hoje quando eu voltava do trabalho, vi uma mulher, com um saco que se remexia. Era um gatinho preto como o meu... com as pernas amarradas por um barbante e o saco completamente fechado. A mulher carregava o gatinho em seus braços, e ia em direção a Universidade (onde mais parece um centro de desova de animais que um centro de estudos)... 
Fiquei imaginando o que poderia acontecer com ele, se ela ia apenas soltar e acabar com aquela agonia, ou se ia fazer algo muito pior. Fiquei imaginando aquele gatinho, sem saber onde estava, nem pra onde ir... sem saber o que comer nem onde beber água, enfrentando outros gatos e cães que passaram pelo mesmo destino. Isso se ela livrasse a vida do bichinho, porque eu não duvido que ele já estivesse sufocado naquela saco. E alguém que sufoca um gato e amarra suas patas não pode planejar algo bondoso. Eu queria trazer aquele gatinho pra mim, eu queria fazer a diferença, queria salvar a vida dele.
Mas justo hoje? logo hoje? Exatamente hoje, que recebi uma ligação do dono do meu apartamento com um aviso de despejo, caso não se livre das minhas duas ternurinhas que estão em casa. Dois gatos que nem miam, que não incomodam ninguém, que apenas esperam um pouco de bondade dos seres humanos para sobreviver. Justo hoje? Eu tive que andar, seguir em frente, mas meu coração foi com ele, afinal de contas poderia ser o meu gatinho... Não posso nem imaginar uma coisa dessas.
Estou até agora me perguntando o que eu poderia fazer... por que não fiz nada? Por que meu coração ainda dói e eu me sinto tão sufocada quanto ele naquele saco...

E nessa cena a imagem que mais me marcou, foi a saia longa da mulher, a orelha não furada, as pernas cabeludas... Típico de alguém que adora ao Senhor. Senhor, mas Senhor... como é que pode? Por que justo hoje? Eu estou arrasada! =\



***
Pra responder várias pessoas de uma vez... 
Eu moro em uma casa alugada, num condomínio onde todos os apês são alugados e todos pertencem a um único dono. Quando fui morar lá tinha no contrato de aluguel que era proibido animais, e eles me avisaram, e eu morei lá por anos sem animais. É um regulamento do condomínio criado pelo próprio dono pra todos que quiserem alugar lá. Mas meu gatinho, como vocês bem sabem, eu encontrei na rua, filhote, abandonado e não tinha como deixá-lo lá. Eu deveria cuidar dele e encaminhar pra adoção... Mas amo tanto aquelas coisas fofas que não posso fazer isso. Então decidi criá-los escondidos dentro de casa. Mas infelizmente, alguns vizinhos se alimentam da infelicidade dos outros, e mesmo os gatos nunca dando nem um miado, nunca colocando nem a cabeça na janela, me denunciaram. E ontem recebi essa ligação com o aviso! =\
Sei que é lei, e que não pode proibir animais em condomínios, já li e reli as leis que tratam disso, mas nenhuma delas falam de apartamentos alugados. E como nesse caso tinha em contrato, eu fui avisada e a regra foi dita antes para todos, não achei nada que pudesse me garantir alguma direito.
Se eu pudesse, me mudaria agora mesmo, mas o bairro onde moro é muito competido, nunca tem apartamentos vagos e estou preocupada... Mas vamos ver o que acontece ao longo do tempo.

You Might Also Like

13 Comentários

  1. Sou como vc, quando vejo um maltrato com animais fico o dia inteiro pensando naquilo e o coração doendo, ainda mais quando não posso fazer nada.
    Mas infelizmente não podemos resolver o problema de todos os animais, de tanto ter dó na minha casa já tenho 4 cachorrinhas todas tiradas da rua, fico feliz porque consegui fazer minha parte, menos 4 nas ruas passando fome e frio.
    Vc também fez a diferença, tenho tenho certeza q se pudesse faria mais.]
    Bjs e boa noite.

    ResponderExcluir
  2. que triste.... sabemos que tem muitos animais sofrendo maus tratos, mas qdo a gente vê, dói mais. cuido dos meus com muito amor. e alguns da rua, tb alimento. é o que posso fazer. faça o que puder, o que não puder, ore, tanto pros animais qto pra mulher, a que por fora é cristã, mas por dentro, só Deus sabe.

    ResponderExcluir
  3. Como podemos ainda hoje passar por situações como essas!
    A questão do gatinho no saco você infelizmente não pode resolver, mas a situação dos seus gatinhos no seu apartamento você pode sim!
    Procure a UIPA(União Internacional Protetora dos Animais).
    Há muitos anos atrás, mais de 20 anos, o síndico do prédio onde eu morava nos deu um mês para que deixassemos o imóvel.
    Uma amiga me passou o endereço da UIPA e eles me enviaram um documento onde dizia que o animal,desde que não incomode os vizinhos, pode morar em apartamentos.
    Diz mais...
    Fala que há uma lei que os protege e esse lei é maior que qualquer convenção de condomínio.
    Nenhum condomínio pode pedir para uma família se retirar do imóvel devido a um animal se esse não estiver causando problemas aos condôminos.
    Se você tiver alguma dúvida e eu puder ajudar, por favor, me procure.
    Grande beijo, abençoada semana, fique com Deus!

    ResponderExcluir
  4. ai que ódio, e não poder fazer nada?! essa sensação de impotência é o pior...

    nem vou falar mais nada, pra não abrir a caixinha de pandora, porque tem um monte de gente que não entende o que sentimos.

    bjs

    ResponderExcluir
  5. Quanta maldade, meu Deus!
    Fico triste pelo gatinho,por vc e pelos malvados (que com certeza estão por trás dessa ligação do seu senhorio)...Que pena que por hoje essas pessoas ganharam a batalha. Mas amanhã tudo vai ser diferente Caliope! Bjs

    ResponderExcluir
  6. É muito triste, não consigo entender como um ser pode maltratar um animal que é indefeso. Eu tenho vários amores e recebo tanto carinho deles que não posso nem imaginar minha vida sem eles.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá, minha linda.

    Por que seu senhorio não quer os bichinhos em sua casa?
    Talvez seja puro desconhecimento: as pessoas, quando não convivem com animais, criam um monte de ideias erradas na cabeça: julgam que arranham o chão, que roem, que DESTROEM!
    E, por vezes, há vizinhos que não gostam de animais e fazem queixa, apesar de não terem razões para isso.

    Converse com ele, esclareça, convide-o para ir a sua casa ver com os próprios olhos que os animais são pacíficos. Quem sabe, assim, o senhor se dê conta do quanto está errado.

    Aqui em Portugal também existe essa verdadeira praga que é o abandono dos animais, e agora com a crise que o país está atravessando, nota-se um aumento dos casos de abandono: quase todos os dias aparecem animais desorientados, recém-abandonados, e só é possível resolver o problema com a conscientização das pessoas.

    Boa sorte.

    bjn no coração

    ResponderExcluir
  8. Poxaa é uma situação complicada...
    Tenho fé que vai dá tudo certo!Que esse Cara vai entender sua situação.As pessoas tem uma repugnância de animais terríveis ,eu não compreendo porque..todos os dias vejo diversos animais pelas ruas sem donos,sem casa e sem comida e fico com o meu coração partido..Essa mulher que estava levando o gatinho não tem coração,me perdoe as que "louvam" percebo que muitas ( Pois conheço) detestam animais.Que mal vai fazer um bichinho?Que tipo de amor ao próximo é esse que maltrata animais?
    Vai dá tudo certo :) Estamos na torcida.
    XerOo

    ResponderExcluir
  9. Cali, fique em paz... Todos sabemos que sua intenção foi das melhores... E você não tinha escolha, não mesmo? Fique com Deus. E boa sorte...

    ResponderExcluir
  10. Caliope, a gente não consegue resolver tudo mas se dipor a um pouquinho já tá valendo agora nem o pouquinho conseguir... é frustante, imagino seus sentimentos e com certeza são como os do gatinho, Oh sufoco!!
    Quem ama a Deus é feliz e faz os a sua volta felizes também porque se não são assim não conhecem a Deus que é amor, alegria, paz, generosidade... se enganam e enganam os outros amiga!
    De uma árvore boa só nascem frutos bons, é pelos frutos que conhecemos a árvore ... mas conte com Deus para resolver essa situação. Bjus

    ResponderExcluir
  11. Ah, q judiação... e imagino a sua tristeza! Só pelas coisas q vc conta, eu, q nunca tive vontade de ter gato, ando com essa vontade de ter esse bichinho carinhoso e ao msm tempo independente..
    seria tão bom se esse proprietário mudasse de ideia... se as pessoas do condomínio pensassem no bem q vc faz e que elas tbm poderiam fazer... não é possível que não tem jeito, né? Mas as pessoas são más...
    Tomara q tudo se resolva bem!!
    Bjks

    ResponderExcluir
  12. Sim tem muita gente má nesse mundo!!!!
    Mas graças a Deus tem muita gente boa também!
    E prefiro acreditar que o número de gente boa supera a de gente má...
    Acredito nisso! Acredito sim!
    Mas tenho certeza que alguém salvou ele daquela situação! :)
    E desejo que vc encontre uma solução bem linda pra sua!
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Eu sei como se sentiu neste dia! Eu sou apaixonada por animais! Tão apaixonada que não como nenhum tipo de carne, sou vegetariana. Troquei muitas marcas aqui em casa que fazem testes em animais, troquei meu shampoo, sabonetes, pasta de dente, em breve trocarei minhas maquiagens, tudo para evitar que mais animais sofram... E a gente faz a nossa parte e um belo dia vê alguem fazendo uma crueldade. E justo nesse dia você sentiu isso de dois lados. Mas seja forte. Se na hora você não conseguiu parar aquela mulher foi por algum motivo. Se hoje você esta com problemas com o dono do seu ape, tambem tem algum motivo, maior. Bom, pode parecer piegas, mas essa ideia pelo menos consola um pouco. Eu queria que o amor que sentimos pelos nossos animais se estendesse a todas as pessoas que não tem esse amor e respeito. Mas quem sabe se um dia sera assim?! Eu lhe desejo toda a sorte desse mundo! É uma boa protetora e merece ter a chance de viver ao lado de animais, que só dão alegrias. Mil beijos.

    ResponderExcluir

Comenta pra mim, vai... só um comentariozinho!!! ^^

Subscribe