Qual a dificuldade mesmo? Uma linda história!

sexta-feira, junho 06, 2014

Oi gente!
Que saudade de vocês, do blog, dos desafios...

Esse ano estou mergulhando num mar de novidades e atividades, e tendo que ditar prioridades pra não pirar! Por isso o blog anda bem paradinho, mas minha vida está fervendo por aqui... E uma das coisas que mais ocupa meu tempo é o casório!

Eu não tinha noção de como é difícil casar sem dinheiro em Recife. Aqui, casamentos são em grande parte "ostentação"! Passo o dia inteiro em busca de fornecedores que façam um trabalho pelo preço que posso pagar. Já chegou ao ponto de um fornecedor rir na minha cara quando eu falei o orçamento do meu casamento todo, e depois ficar sem graça quando percebeu que eu não estava brincando.

Pra vocês terem uma noção... A grana que a gente tem pra casar, é o que a galera aqui em Recife costuma pagar em um único serviço em seu casamento, como banda ou fotografia, por exemplo. E eu tenho que encaixar todo o meu casamento nesse preço, como faz? Mágica! kkkkk

Isso sem contar que a maioria das coisas do casamento eu mesma terei que fazer, então quando não estou procurando serviços, estou planejando como serei a noiva e farei tudo isso ao mesmo tempo.

Vejo muitos casamentos onde a família toda ajuda sabe, os amigos, cada um faz uma coisa, e mesmo sem muito dinheiro, o casamento sai, e é lindo, inesquecível! Sempre sonhei que o meu seria assim, mas minha realidade é outra. Sou meio distante da maior parte da minha família... Por ser muito "na minha", também tenho poucos amigos, e somando essa pouca gente mais próxima, quase não sobra ninguém que pode ou está disposto a ajudar. Então ficamos eu e o fofo, se virando como pode pra pensar em tudo, planejar tudo, e fazer tudo isso caber no bolso...

Essas pequenas coisas às vezes faz a gente querer desistir sabe? Tem horas que eu digo ao fofo: Vamos deixar esse casamento pra lá, pegar esse dinheirinho e viajar! Ou, vamos casar só no cartório mesmo, porque esse sonho de "casar na praia" é impossível! O fofo concorda, depois discorda, consola e às vezes suspira. Eu choro, me recomponho, e começo tudo de novo... 

E eu nem vim aqui pra falar do casamento (mas não falo de outra coisa!! haha). Vim aqui pra compartilhar com vocês uma história linda. Porque quando eu estou no desespero, querendo desistir de casar, querendo jogar tudo pro alto, e usar o dinheiro pra coisas "mais importantes", surgem mensagens como essa, que dão um tapa na minha cara sabe? Que mostram que não existe nada mais importante que o amor, e que nós podemos sim realizar nossos sonhos, mesmo diante de tanta dificuldade...

Assista!


Entendeu o que eu quis dizer? Como ver uma história dessas e não acreditar que eu também vou conseguir realizar o sonho de casar? Qual a dificuldade mesmo?! rs

Tenha um lindo final de semana! ♥

You Might Also Like

8 Comentários

  1. Oi Calíope,

    Lindo vídeo! Eu escrevi uma comentário enorme, então resolvi te mandar por email... rs

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Pois é
    Lindo o vídeo, lindo vcs, lindo ter e realizar um sonho sem esbanjar, sem ostentar
    Sem dinheiro e cheio de amor

    ResponderExcluir
  3. Estamos na mesma, linda!

    Temos 3 meses pra casar no cartório, no religioso e batizar nossa filha. Temos POUCO ou nada de dinheiro. E menos ainda gente que possa ajudar. E ainda temos menos tempo ainda, quando se é mãe de uma criança de menos de 2 anos. Fora que por questões religiosas, queremos que seja em outra cidade.

    Tem horas que eu sinto vontade de desistir. Penso, repenso. Vou e volto na ideia de fazer só a cerimônia, depois penso num bolo no salão da igreja, depois penso em fazer algo na nossa casinha, depois penso em não fazer nada e viajar... que tormento isso de ter de optar por mudar um sonho... uma tristeza!

    Eu nem tô procurando mais fornecedor. Parei praticamente, pq parece que eles que 'dominam' esse clubinho zombam da nossa cara, do sonho de uma vida. Tô pensando em arregaçar as mangas e fazer quase tudo, como no aniversário da minha filha... que diga-se de passagem, foi lindo!!! E olha que tinha menos tempo e menos dinheiro e fiz pra 100 pessoas! Agora tenho um pouquinho a mais e a conta pra fazer pra 20 pessoas não fecha... como resolve isso? Tenso demais!


    Vamos seguindo em frente até onde dá... estou por aqui, se quiser conversar, mande um email! Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Acho legal celebrar o casamento.. Mas tenha em mente que o que vai ficar desse dia são as fotos e o que vc sentiu. Geralmente estamos tão cansadas na hora da cerimônia que não conseguimos assimilar tudo. Eu só me lembro que entrei sorrindo na igreja e travei a posição, e meus dentes secaram e eu não conseguia voltar os lábios na posição original... O padre já tinha começado a cerimônia e eu estava sorrindo ainda......

    ResponderExcluir
  5. Ai menina,
    Não desista do seu sonho, procure nos blogs, e arregace as mangas, muitas coisas você mesma pode fazer.
    Um ótimo final de semana,
    beijocas

    ResponderExcluir
  6. Oi Cali! Como prometi vim aqui escrever sobre a aventura que foi meu casamento. Vou tentar resumir a história... Depois de quase 10 anos entre namoro e noivado, decidi que 2000 eu ia me casar de qq jeito. Marcamos para julho o gde dia e eu ia fazer só no cartório mesmo, bem simples. Na época meu noivo tinha acabado de se formar e estava procurando trabalho e iriamos morar com meus pais. Comentei com a minha madrinha e ela me convenceu que eu tinha que celebrar de maneira que eu tivesse boas recordações. Ela me deu de presente o aluguel do salão de festas do clube que ela frequentava e ainda conseguiu um preço bem bacana para eu contratar música ao vivo durante a cerimônia com o pessoal que se apresentava no clube. Fui atrás de um buffet (bom e barato - tarefa difícil) para cerca de 100 pessoas (parte da família mais chagada e bons amigos), fui à uma costureira para fazer meu vestido (economizei bastante). Cabelo e maquiagem eu ganhei do meu primo (filho da minha madrinha) no chiquérrimo Studio W, aquele do Wanderlei Nunes (do Shopp. Higienópolis em SP). Alguns meses antes meu noivo prestou concurso para trabalhar na USP e passou. O casamento aconteceu no dia 21 de julho, uma semana antes alugamos um apto e meu atual marido começou a trabalhar no dia 7 de agosto. Tinha tudo para não acontecer, mas eu queria tanto, tanto, tanto que tudo foi se encaixando e deu certo no final. Torço para que vc realize o seu casamento do jeitinho que sonhou, siga o seu coração, pq ele sabe das coisas! Tenha uma linda semana! Bjos floridos

    ResponderExcluir
  7. Que vídeo lindo!
    que história fantástica. Força Calíope estamos torcendo para que tudo saia perfeito para você nesse dia tão especial
    Beijos
    http://leitoraemlondres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá!!!
    Você comentou que tinha um blog e vim 'correndo' procurar! ADOREI seu espaço! Quanto ao seu sonho, tenho CERTEZA que vai se concretizar e será um lindo casamento... como cantora já vi algumas histórias semelhantes (inclusive a minha). Os mais singelos casamentos são os mais belos! Simplesmente porque neles a gente consegue sentir a emoção e o amor dos noivos nos mínimos detalhes. Em fevereiro desse ano, tive a felicidade de cantar em um (organizado praticamente pelos noivos) que foi tão lindo que em alguns momentos precisei me concentrar mesmo pra não deixar a emoção atrapalhar a voz. Vamos lá! Será um prazer estar pertinho de vocês nesse dia e poder contribuir um pouquinho. Conte comigo!! :)

    ResponderExcluir

Comenta pra mim, vai... só um comentariozinho!!! ^^

Subscribe